Tokio Hotel Fanfictions
Hello Alien!

Seja bem-vindo ao Fórum dedicado somente a Fanfictions dos Tokio Hotel.

Não estás conectado, por isso faz login ou regista-te!

Estamos à tua espera. Aproveita ao máximo o fórum ;-)

Destinado a Fanfics sobre a banda Tokio Hotel. Os leitores poderão expor as suas fics como também poderão somente ler.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Just be true to who you are

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Just be true to who you are em Ter Fev 19, 2013 8:23 pm




Nome: Just be true to who you are
Gênero: Romance, comédia.

Prólogo


"Samantha sua vaca, você não vai embora assim!" Escutávamos Samuel gritar, ele corria em nosso enlaço.

-VOCÊ NÃO AVISOU ELE QUE ESTAVA INDO EMBORA? - Sthefanny me encarou chocada enquanto descíamos correndo ladeira abaixo com minhas malas nas mãos.

-Tu me conhece - Respondi com desespero nos olhos - Sou uma tremenda covarde!

-O que você fez então?

-Deixei um bilhetinho - Sorri amarelo - Só assim tive coragem de xingar ele e a mãe dele.

-Jesus amado, você xingou a mãe do narcisista, bipolar, filho da puta?

-Erm... Xinguei - A olho assustada - Não era pra xingar?

-Era, mas isso quando você estivesse a quilômetros de distância daqui né ow!

-Ops - Sorri amarelo outra vez.

Finalmente, mesmo que da forma mais covarde, eu estava indo embora de Chicago. É triste admitir, mas é a verdade, eu sempre fui covarde, indecisa, atrapalhada e de uma auto-estima baixa. Acho que o problema todo começou na minha educação em casa, meu pai era um grosso, cafajeste com minha mãe e ela aceitava tudo calada, tudo mesmo, até a filha bastarda dele, Sthefanny. É, é essa mesma Sthefanny que está correndo comigo agora em direção ao ponto de táxi mais próximo. Eu gosto da Sthefanny, ela é forte, decidida e corre atrás dos sonhos dela. Foi ela quem me convenceu a abandonar Samuel e correr atrás do meu sonho de ser atriz. No fundo ela sabe que eu não o amo, que morro de medo de acabar como minha mãe, e era isso que ía acontecer se eu não tivesse Sthefanny comigo.

-Para a rodoviária - Sthefanny ordenou ao motorista, assim que abrimos a porta traseira e nos jogamos de mala e cuia dentro do táxi. Nós ainda podíamos escutar Samuel gritando atrás de nós, eu baixei os olhos respirando fundo, com mãos suadas e medo em meu rosto, medo do que irá acontecer a partir de agora, no rádio uma música calma tocava - Olhe para trás Samantha - Sthefanny disse encarando a janela traseira - Diga adeus ao seu passado infeliz.

Meus olhos seguiram para a janela traseira, eu vi a paisagem em movimento através da rua escura, luzes se tornando pequenos borrões e Samuel ficando para trás...


Who You Are
Jessie J

Eu olho para meu reflexo no espelho
Por que estou fazendo isso comigo mesma?
Perdendo minha cabeça por um pequeno erro
Eu quase deixei meu verdadeiro eu na prateleira
Não, não, não, não

Não perca quem você é no borrão das estrelas
Ver é enganar, sonhar é acreditar
Tudo bem não estar bem
Às vezes é difícil de seguir seu coração
Lágrimas não significam que você está perdendo
Qualquer um se machuca
Só seja verdadeiro com quem você é

(quem você é, quem você é, quem você é x4)

Escovando meu cabelo, pareço perfeita?
Esqueci o que fazer pra encaixar no molde
Quanto mais eu tento, menos isso funciona
Porque tudo dentro de mim grita: não, não, não, não, não, não, não

Não perca quem você é no borrão das estrelas
Ver é enganar, sonhar é acreditar
Tudo bem não estar bem
Às vezes é difícil de seguir seu coração
Lágrimas não significam que você está perdendo
Qualquer um se machuca
Não há nada errado com quem você é

Sim, nãos, egos
Falsos se mostram como UAU!
Apenas vá embora e me deixe sozinha
Discussão real, vida real, boa sorte, boa noite
Com um sorriso ...
Essa é a minha casa, yeah
Essa é a minha casa ...

Não, não, não, não, não ...
Não perca quem você é no borrão das estrelas
Ver é enganar, sonhar é acreditar
Tudo bem não estar bem
Às vezes é difícil de seguir seu coração
Lágrimas não significam que você está perdendo
Qualquer um se machuca
Só seja verdadeiro com quem você é

Yeah, Yeah...



Última edição por BillieJean em Ter Fev 19, 2013 11:54 pm, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

2 Re: Just be true to who you are em Ter Fev 19, 2013 9:34 pm

Continue...

Ver perfil do usuário

3 Re: Just be true to who you are em Ter Fev 19, 2013 9:41 pm

Anny V.

avatar
Moderadora
Dai a Sam manda o link da sua fic falando: "Já começa a fic me xingando... gostei não Sad "
Eu tive que vim ler, e eu ri ao ver a primeira frase escrita Hahahahahaha

Enfim, poste o primeiro capitulo que eu estarei aqui para ler o/

Ver perfil do usuário http://h-u-m-a-n-o-i-d.tumblr.com/

4 Re: Just be true to who you are em Ter Fev 19, 2013 9:46 pm

Sam McHoffen

avatar
Administradora
Éh... venho toda humilde ler a fic... E jah no prólogo tão me xingando! Acho paia!
Quero bater nesse Samuel, como ele me xinga assim?! Eu nem fiz nada pra ele! Hahahahah
Muito obrigado dona Anny, ficar rindo assim de me xingarem na fic! Razz

Ok... deixando de graça... Gostei da sinopse! E acho certo a Samantha sair de Chicago, já que ela não está bem ali... Eu faria o mesmo no lugar dela! Very Happy
Algo me diz que ela vai parar em Los Angeles... Hmm... Vou gostar de ler essa fic!'

Continue...

Ver perfil do usuário

5 Capítulo 1. em Qua Fev 20, 2013 1:27 am

Ops, kkkkkkkkkkkkkkkkk gente eu não me liguei que o nome da personagem era o mesmo da ADM do fórum, vixe que bola fora =X.kkkkkkkkkkkkk. Meninas obrigada pelos comentários, beijão.

Capítulo 1.

Na rodoviária, Rhonda uma amiga de Sthefanny nos aguardava, enquanto minha irmã foi me buscar ela ficou guardando as malas. Eu nem acredito que estou indo para Los Angeles. Sthefanny fez questão de se sentar ao meu lado, ela conhece meu nível de covardia e sabia que o medo iria ser membro constante de nossa viagem.

-Sammy? - Sthefanny me chamou, eu que olhava através da janela do ônibus, voltei meus olhos em sua direção - Em Los Angeles vamos ficar hospedadas na casa da mãe de Rhonda, é só até encontrarmos emprego e um apartamento.

- Ok - Forcei um sorriso.

- Sabe do que você precisa?

-Amor próprio? - Chutei.

-Não você precisa disso aqui - Disse abrindo a bolsa e tirando duas garrafas de vodka de dentro.

-Você tá doida? - Meus olhos se esbugalharam - Não deve ser permitido beber dentro do ônibus!

-Sammy são quase onze horas da noite, as luzes estão apagadas e povo ta tentando dormir - Olhamos em volta e era verdade - Acha que alguém vai se lixar para nossa pequena comemoração?

-Erm... Ok - Sorri amarelo - Mas só um pouquinho.

Algumas (MUITAS) horas depois...

-BOLINHAS AMARELAS!!!!

-Samantha se controla - Sthefanny e Rhonda me seguravam enquanto eu olhava para as luzes do ônibus que se acenderam, tínhamos chegado ao nosso destino.

-Ela está bem querida? - Uma senhora perguntou para Sthefanny.

-Está sim - Ela sorriu torto - É só um efeito do... Do remédio para enjoo.

-VOCÊ É VELHAAA.

-Desculpa - Ela falou para a senhorinha.

-EU QUERO MAISSS UM GOLE STHEFINHAAA - Me soltei de Rhonda.

-Nunca mais te dou alcool - Disse me arrastando para fora do ônibus - Rhonda me ajuda aqui - Rhonda pegou meu outro braço.

-AHHH STHEFINHA, VOCÊ TA PARECENDO O SAMUEL E AQUELE CHIMPANZÉ QUE ELE CHAMA DE MÃÃÃE.

Ok, vamos pular a parte que eu cometo vexame na rodoviária. Eu ainda quero me matar pela vergonha que passei, na verdade a Sthefanny e a Rhonda também querem me matar pela vergonha que fiz elas passarem. É que eu nunca bebi mais que um gole de álcool, meu pai nunca deixou e o Samuel com a dona Chimpanzé (Eu a chamo de chimpanzé porque macacos adoram aprontar, fazer escândalos igual ela e eu não gosto de macacos), diziam que beber demais era coisa de vadia, eles também diziam que roupa eu devia vestir, o que eu devia fazer e se pudessem me diriam o que pensar. Daí você me pergunta, por que me envolvi com um panaca desses, bom, eu estava cansada de viver sob o mesmo teto que meus pais. Meu pai não sabe falar, só sabe gritar, minha mãe não tem boca pra nada, mas chora que é uma beleza e a Sthefanny sempre estava ocupada fazendo coisas loucas, tipo entrar com os amigos de madrugada no cemitério e assustar quem passa na calçada. Eu sempre fui retraída, e lógico que fiquei impressionada quando o quaterback do time de futebol americano da escola me deu bola. Eu pensei que ele me amava, mas na verdade ele só se interessou por mim porque foi criado pela mãe (Chimpanzé, católica, maluca), na igreja e exigia que ele casasse com uma moça virgem. E como as outras garotas da escola de virgem só deviam ter o signo, fui a sorteada. Pena eu não ter descoberto isso antes de me casar com 17 anos.


________________________________________________________________

Não sou muito boa em descrever as pessoas, então vamos as apresentações.



CONTINUA...



Última edição por BillieJean em Qua Fev 20, 2013 9:27 am, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

6 Re: Just be true to who you are em Qua Fev 20, 2013 9:11 am

Ri muito com esse capítulo....Caramba, beber vodka pura dentro do ônibus??Não sei como ela não vomitou.... Shocked

Coitada, ela se casou com 17????Deus me livre!! pale

Los Angeles??Hum...Sinto cheiro de Kaulitz na área....Tô curiosa!!

Continue...

Ver perfil do usuário

7 Re: Just be true to who you are em Qua Fev 20, 2013 11:44 am

Sam McHoffen

avatar
Administradora
Huahauaha Que bola fora o que! Eu morri de rir quando li o inicio do prólogo! Razz

WHAT?! Ela se casou com 17 anos?! Shocked
Ok... essa Samantha não tem NADA haver comigo! Eu jamais me casaria com 17 anos! Deus me livre de uma coisas dessa! (Se bem que jah livrou, jah passei dos 17 hauaaahaaha)

Eu toh rindo muiiiito aqui da Sammy na rodóviaria! Também, nunca bebeu vai dar uma de alcoolica! Tinha que pagar algum mico! Tadinhas da Sthefanny e da Rhonda!

Toh doida pra ver o que vai acontecer quando essas loucas encontrarem os Kaulitz! Razz

Continue...

Ver perfil do usuário

8 Re: Just be true to who you are em Ter Fev 26, 2013 8:11 pm

Anny V.

avatar
Moderadora
Bom, minha mãe fugiu de casa pra morar com o meu pai quando tinha 19 anos, pelos mesmos motivos que essa guria também saiu de casa, então não me surpreendeu taaanto assim ela ter se casado com 17 anos.

Ela conseguiu se embebedar de vodca na primeira vez que bebe e não vomitar horrores por isso? Ta né... Shocked

Hum... Kaulitz!!! Hahahaha

Contiiinua

Ver perfil do usuário http://h-u-m-a-n-o-i-d.tumblr.com/

9 Re: Just be true to who you are em Seg Mar 11, 2013 5:54 pm

AEEEHH, LEITORA NOVA!

Acho que não preciso dizer que me acabei de rir só com o prólogo, né?! Essas duas loucas correndo pela cidade, com o Samuel atrás!

Ah, por falar nesse filho do capeta, não gostei dele. U.ú Está para nascer o homem que um dia vai me xingar! Eu se fosse a Sam, parava, virava e atirava as malas na cara dele!

Essa de xingar a Sam logo no prólogo foi demais. MUAHAHAHAHAHA VOCÊ É DO MAL! Tá, parei. A Sam é super legal, mas essa coincidência foi engraçada demais!

Samantha + Sthefanny + Rhonda = Vergonha total. 'TAMO NESSA JUNTAS! ASHAUSHAUSHSUAUH Na parte do ônibus, imaginei-me a mim mais as minhas amigas! Sem contar com a parte da bebida, nós só fazemos porcaria! Rsrsrs.

Los Angeles? KAULITZ'S NA ÁREA, SOCORRO, MEU DEUS! *o*

Como assim ela casou com 17 anos?! O.O Tudo bem que tem gente que casa com 14 e tal, mas...De alguma forma, isso não me surpreendeu muito. A minha mãe ficou grávida de mim com 16 e foi viver com o meu pai, mas daí a casar...O dinheiro não cabe pra tudo, gente! Rsrs.

Estou adorando a fic! Você escreve super bem e tem comédia!!! Vê se não demora para postar, viu?

C-O-N-T-I-N-U-A!

PS: Amo demais essa música da Jessie J! *--*

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum