Tokio Hotel Fanfictions
Hello Alien!

Seja bem-vindo ao Fórum dedicado somente a Fanfictions dos Tokio Hotel.

Não estás conectado, por isso faz login ou regista-te!

Estamos à tua espera. Aproveita ao máximo o fórum ;-)

Destinado a Fanfics sobre a banda Tokio Hotel. Os leitores poderão expor as suas fics como também poderão somente ler.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Imaginação

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Imaginação em Sex Set 15, 2017 4:20 pm

é mais um devaneio meu, enquanto estou aqui na biblioteca da faculdade de arquitetura (não é meu curso), sem nada pra fazer porque tomei toco de um contatinho. Pois é minha gente. A vida não tá fácil pra ninguem. Abaixo são relatos misturados com imaginações junto. A escrita tá bem solta. Não é pra ser algo bonito ou poético porque no momento não é assim que me sinto. Peço desculpa pela confusão de ideias.

Beijas.

_____________________________x______________________________

Sexta-feira. Dia chuvoso lá fora nada agradável. Ah sim, me chamo Pâmela, tenho 21 anos, signo de Áries (para os para os amantes de signos), cursando Relações Públicas, atualmente no quinto semestre. No momento desempregada sem um puto no bolso e recém solteira (porém ainda apaixonada pelo ex). Que vida, não!?
Então, continuando, era um dia chuvoso onde eu tinha aula pela noite e nenhum dinheiro para comprar um docinho no bar do campus pra fazer mais feliz. Tinha ido na aula pela manhã e já estava sem ânimo para seguir o dia. Ri das palhaçadas do professor, catei no celular mais uma vez o perfil do meu ex no facebook, tomei agua no bebedor no intervalo da aula, mandei mensagem para meu pai para ver se minha mãe estava bem. Coisas típicas e cafonas que aconteceram no meu dia. Deu 11:30 eu sai da aula e tinha duas opções: ou ir pra casa fazer nada, ou ir para algum lugar diferente tambem fazer nada. Resolvi então ir para um lugar diferente pelo menos o ar seria outro. Resolvi então ir numa cafeteria. Eu não tinha dinheiro, mas tinha cartão de crédito. RÁ. Ia tomar um chocolate beeem doce para dar uma animada naquele dia cinzento. Cheguei ao local e como esperava não tinha muita gente. Haviam 7 mesas dispostas mais um balcão com cadeiras. Havia somente um casal sentado no fundo do recinto e mais uma moça sentada sozinha em uma mesa na para ao lado esquerdo. Sentei-me na parede ao lado direito. Retirei minha bolsa atravessada e deixou somente o celular em cima da mesa e encostei a bolsa na cadeira. Logo veio o garçom.

- Boa tarde. Ja quer fazer o pedido ou olhar o cardápio?
- Eu quero um chocolate quente com muito chocolate, muito doce, se é que me entende.
- Dia díficil?
- Não. Apenas sem graça. - Sorri amarelo.
- Ok. Logo logo trago seu pedido.
- Obrigada.

Assim que ele foi embora peguei meu celular e comecei a mexer. Primeiro fui no facebook, como de costume, e comecei a rolar o feed para ver se tinha algo interessante. Fiquei uns 2 minutos rolando a tela e só achei um meme fofinho. Então me bateu a curiosidade aguçada de novo e fui fuçar na conta do meu ex namorado. Eu sabia que aquilo iria me magoar muito porque afinal de contas eu ainda amava ele. E ele já estava com outra. Qual é? Haviam terminado "oficialmente" a 5 meses, mas faz apenas 2 semanas que não nos falavamos mais e ele já esta abraçado com outra pessoa, falando que ama ela e quer ter filhos igual... Igual fez comigo. Não consigo aceitar essa "liquedez" de sentimentos das pessoas nesse século XXI. Você conhece a pessoa ontem e já diz que ama e quer casar. O que é isso? Algum tipo de desespero? Algum tipo de tentativa para sexo fácil? Não sei. E não critico quem faz isso. Cada um sabe disse, como diria minha mãe. Mas eu não gosto deste tipo de coisa. E queria que não tivesse acontecido comigo. 3 anos de relacionamento. 3 anos de juras de amor. 3 anos ambas as famílias se dando bem. E como um grão de areia puff se acabou.
Sai da conta dele porque já tinha me consumido muita energia e fui jogar puzzle. Logo minha irmã gêmea me mandou mensagem para saber se eu ia voltar pra casa. Uma das coisas que sempre alegram meu dia é esta guria. A gente está sempre se mandando mensagem e rindo de coisas idiotas. Sempre anima quando estou pra baixo. Mas nao queria falar pra ela que estava pra baixo, como faço de costume. Ela também merecia folga. E além do mais estou reclamando da mesma coisa ha 2 semanas pra ela. Ninguém merece. Ouvi o barulho de risadas. Olhei para trás e o garçom tinha aumentado o volume da TV. Era um programa de plateia parecido com o Altas Horas. Mas fui distraída desta vez pelo sininho da porta, informando que havia entrado alguém. Analisei bem o sujeito que havia entrado. Alto, bem magro, tranças coladas pretas, um pircing na boca e roupas largas. Um carinha bonito. Interessante até eu diria. Depois de ficar uns minutos analisando o sujeito, voltei para o celular para não dar tanto na vista. Fiquei jogando puzzle uns 10 minutinhos e logo chegou meu chocolate quente maravilhoso. No primeiro gole eu ja sorria feito criança. Bebia um pouco e jogava. Bebia um pouco e jogava. Logo sinto uma batidinha nas minhas costas.

- Moça. Vi que está sozinha. Posso me sentar aqui com você?
- Ahnnm... Pode.
- (risos). Posso mesmo? Pareceu indecisa.
- Pode. Eu não estou com ninguém aqui mesmo.
- Ok então. Eu também estou sem ninguém então

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum