Tokio Hotel Fanfictions
Hello Alien!

Seja bem-vindo ao Fórum dedicado somente a Fanfictions dos Tokio Hotel.

Não estás conectado, por isso faz login ou regista-te!

Estamos à tua espera. Aproveita ao máximo o fórum ;-)

Destinado a Fanfics sobre a banda Tokio Hotel. Os leitores poderão expor as suas fics como também poderão somente ler.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Lara Monique: My Almost (boy)friend

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Lara Monique: My Almost (boy)friend em Dom Nov 04, 2012 1:55 pm

Sam McHoffen

avatar
Administradora
Olá Aliens!'

Uma de nossas usuárias do Fórum, a escritora Birdy, nos deu a ideia de fazermos entrevistas com as escritas daqui. Como adoramos a ideia, resolvemos começar nossas series de entrevistas com a Lara Monique, que tanto nos ajudou a divulgar o Fórum. A Lara possui três fanfics postas aqui, mas resolvemos fazer uma entrevista pra cada estória. Então vamos começar com sua fanfic mais recente, My Almost (boy)friend.

Lara, sabemos que você é apaixonada por escrever, principalmente fanfics do Tokio Hotel. Como você começou a escrever? De onde surgiu essa paixão pela escrita?
Bom, eu escrevo desde os treze anos.Eu tive uma fase meio gótica, então escrevia coisas bem tristes, melancólicas e meio suicídas.Estava passando por uma fase bem desagradável em casa, então eu precisava desabafar de algum jeito.Comecei a escrever tudo o que eu sentia.Hoje em dia eu acho graça do que escrevia e evito ler.Não é uma época boa de se lembrar.
Depois, bem, no ano seguinte apareceu um “Arian’’ na minha vida...rsrsrs.Não era exatamente mais velho, mas eu apostei todas as minhas fichas nesse cara e, bem, claro que deu errado.Quando você deposita muitas expectativas em alguma coisa, você sempre se decepciona.Mas tudo tem seu lado bom, né?Me lembro de ficar imaginando cenas bonitas e essas coisas, pra não pensar nesse cara e funcionava.Fazia tanto isso, que me acostumei e hoje em dia continuo fazendo isso, mas agora não é mais para me esconder das coisas.Talvez seja um pouco, mas enfim, agora passo as idéias para o papel e crio imagens, sentimentos...Me realizo através dos personagens e eu amo escrever!Foram de decepções e problemas que surgiu essa minha paixão e eu sou grata a isso.Vale a pena, quando leio os comentários de vocês!
Agora, Tokio Hotel foi realmente a mina de ouro da minha vida.Eu finalmente encontrei algo que me relaxava, que me deixava feliz de verdade.As músicas são sempre alegres e cheias de sentimentos.Em cada faixa do cd “scream”, eu sentia como se eles estivessem falando comigo:’’Levante!Passe por cima dessas coisas ruins.Eu estou aqui com você.’’ Me deu muita força saber que os meus problemas eram semelhantes aos dos Kaulitz...Eu me sentia menos sozinha e agora, depois de todas essas amizades que eu fiz com as Aliens, aí que é não me sinto sozinha mesmo!
Mas, eu descobri as fanfics pela minha amiga Jocielle, à pouco tempo, em 2010 se não me engano.Ela escrevia e me mostrou.Como eu já escrevia poemas, inventei de escrever também e postar em um fórum.Gostei dos comentários e depois disso não consegui mais parar de escrever!Se tornou uma paixão e minha família me acha uma maluca por isso, mas eu adoro escrever fanfics e não pretendo abandonar esse hobby tão cedo!Saber o que vocês estão pensando, ler os comentários e as tentativas de adivinhar o que vem depois vale mais do que qualquer coisa no mundo!
Além disso o único concurso que ganhei algo na vida, foi um concurso de fanfics.Eu sou uma azarada em concursos e nesse eu fiquei em terceiro lugar, o que foi excelente pra mim!
Mas eu acho que escrever é hereditário também, meu pai ama romances e só não escreve por que diz não ter tempo pra nada!Só que ele é ótimo pra escrever.Um dia me pediu pra mandar uma mensagem pra uma ex-namorada dele, uma frase que ele mesmo escreveu e eu a achei linda.

Como e onde você teve a ideia de My Almost (boy)fried? Alguma coisa te inspirou para ter a ideia inicial?
Então, como eu disse, peguei essa mania de imaginar cenas, como se fossem filmes.Imagino tudo:Os diálogos, os sentimentos dos personagens, essas coisas....
Então, eu lembro que estava me arrumando pra ir à escola e do nada eu pensei: “Como sería ter um filho do Bill?’’ Então, eu comecei a desenvolver a cena toda, como um filme na minha mente.Porque, sim, eu sou maníaca por filmes!Amo romances e comédias românticas...Eu sou uma romântica!rsrsrs
Depois eu escrevi a cena toda e talvez eu poste aqui, como one-shot.Porque a idéia inicial era uma fic em que eles já estivessem casados e tivessem uma filha.Só que a filha, sería do Georg.Lissie e Georg seríam muito amigos, daríam uma mancada como essa e teríam essa filha.Só que, como eu sou muito influenciada pelos filmes, eu vi ‘’Amizade colorida’’ e saí do cinema com a história totalmente modificada em mente!Mas mesmo assim, a história já mudou muito depois disso.O próprio processo de escrever ela, me faz mudar diariamente!Eu sempre digo que as histórias são como quebra-cabeças, estão lá na minha mente, prontinhas e eu tenho que encaixar cada peça, por isso que às vezes demoro tanto pra escrever um novo capítulo, porque eu tenho que ‘’achar’’ a peça que está faltando, a cena perfeita que vai dar sentido ao final ou ao início.

Você gosta de escrever ouvindo música ou não? Se sim, teve alguma música que te inspirou, ou que já te ajudou a escrever algum capitulo da fanfic?
Eu amo música!É uma das minhas grandes paixões.Eu não vivo sem música, não faço nada sem música, não sei o que sería da minha vida sem um mp3.E, sim, eu escrevo ouvindo música.A música me emociona muito, por isso que gosto de músicas mais lentas ou mais sentimentais e é essencial pra eu escrever.Tem dias em que eu não escrevo porque não encontro a música perfeita pra me inspirar.Mas quando encontro, é perfeito.
Muitas músicas me inspiraram nessa fic, mas acho que a mais definitiva foi ‘’Good woman’’ da Cat Power, que inclusive é a Lissie na capa da fic.É que a letra da música é basicamente o que ela fez com Georg no início: “Eu não quero ser uma mulher ruim/E eu não posso suportar te ver sendo um homem ruim/E é por isso que eu estou mentindo/Quando eu digo que não te amo mais.’’ É que, na primeira versão da fic, ela abandonaría o Georg, o Bill e a filha no final, porque ela achava que sería melhor pra todos se ela fosse embora.Mas isso acabou me dando uma idéia melhor, baseada em algo que eu faço muito e aí surgiu aquela cena da ponte em Amsterdã, onde ela fala que não quer mais ver o Moritz.

Você poderia fazer uma pequena playlist com as músicas que te inspiraram a escrever? E as que você encontrou que descreve a fanfic?
Uau!Essa é bem dificil!!
Hum...Como eu disse, Good woman da Cat Power, Nicest thing da Kate Nash, Love is a losing game da Amy Winehouse, as mais romanticas do Oasis (já que a Lissie é fã), Creep do Hadiohed, Oh, patience da Shona Foster, Goodbye kiss da Lana del rey (cover Kassabian), Walking away do Lifehouse.
Babe i’m gonna live you do Led Zeppelin também me ajudou muito naquela cena da ponte.Deu muito certo!The Blower’s daughter do Damien Rice sempre me ajuda muito em qualquer fic.Patience do Guns ‘n Roses me ajudou a escrever aquela cena do carro, em Amsterdã, pouco antes de a Lissie terminar com o Moritz.I can’t stop loving you do Van Hallen também me fez pensar muito nesse casal.Uncomfortable de Melanie Laurent feat. Damien Rice me ajudou nas cenas em que ficava um “clima” pairando sobre o Moritz e a Liz.E All of me de Angus and Julia Stone me ajudou muito na cena da reconciliação naquele hotel.
Draw your swords de Angus and Julia Stone é a que mais me faz pensar na fic agora.Também tenho ouvido muito Small Hands de Keaton Henson, entre outras dele e músicas antigas também...São canções leves, a maioria folk, que me despertam as emoções da nova temporada.Mágoa, remorso, arrependimento, solidão e saudade vão ser coisas bem marcantes agora.Mas também vai ter coisas boas, fiquem tranquilas.Nessa temporada a amizade será o valor mais alto!
Bom, são muitas e se eu for citar todas, essa entrevista vai virar um testamento...rsrsrsrs
Eu sou muito de fase, também...às vezes assisto um filme com uma trilha sonora bonita e fico ouvindo só aquilo por um bom tempo.E também enjoo de algumas músicas, por isso é que eu tenho sempre que ficar procurando coisas novas pra me inspirar.Quando não encontro, ouço música clássica, às vezes...Piano e violino são perfeitos pra me inspirar.Posso indicar Brian Crain ou Vadim Kiselev...Ouço muito esses!
Bom, também tem um clipe que me inspirou em uma nova mania que a Lissie vai ter agora, que é ficar vendo vídeos dela com o Moritz...Se alguém tiver curiosidade procurem por You de The Pretty Reckless, que vocês vão entender porque me inspirou.Estou viciada nessa música!E a letra é totalmente o que a Lissie sente em relação ao Georg agora.

De onde você tirou inspiração para a personagem Lissie? Você já tinha a ideia dela toda em sua mente quando começou a escrever a fanfic, ou você foi moldando ela aos poucos?
Em outras fics eu escrevi personagens que eu gostaría de ser.Queria ser inocente e alegre como a Lucy, sensual e corajosa como a Nora, obviamente não passo nem perto disso.Mas dessa vez eu quis fazer uma coisa mais próxima de quem eu sou, portanto a minha grande inspiração para a Lissie foi eu mesma.Claro que eu aumentei algumas coisas e retirei outras, mas basicamente somos a mesma pessoa.O jeito dela com quinze anos, o cabelo curto, jaqueta de couro, me inspirei totalmente na Lara de uns dois anos atrás!Até as amigas dela foram inspiradas nas minhas e o Georg foi inspirado em todos os caras que eu dispensei, por medo de me apegar.E, como na fic, eles encontraram uma Ivi da vida e a Lara Problema ficou sozinha.A vida imitando a arte, né?rsrsrs
Quando eu comecei a escrever, eu já tinha a personalidade dela formada, que aliás é muito parecida com a minha.As pessoas aqui me chamam de marrenta e do contra.Eu acho que sou meio difícil de aguentar, principalmente para os homens.Acho que a maioria deles me acha insuportável, metida e dona da razão.Talvez tenham razão.Mas eu sou assim, gosto de me expressar, dizer o que eu penso e xingar muito algumas injustiças.Eu tenho pavio curto e não admito frescurinhas e esses joguinhos de relacionamento, então eu tenho sim o gênio terrível da Lissie.Outra enorme semelhança é o medo de cachorro.Eu tenho fobia de cachorro, não importa a raça.E também sou muito medrosa com relação à tudo, como a Lissie é.
Quanto a história da personagem, isso foi moldado aos poucos.A filha Laura, por exemplo, não existia na ideia inicial da fic.E, com a história dela, eu me realizo muito.Eu gostaria de cantar em bares, gostaria de morar com minha melhor amiga, gostaria de saber tocar violão, gostaria de ser bem louca como ela, gostaria de conhecer o Georg em um hotel, gostaria de mecher naqueles longos cabelos de “chapados’’ dele...~Sonha, Lara~ rsrsrsrsrsrs

Como surgiu a ideia dos personagens, Arian, Clarissa e Laura? E o quão importante você acha que cada um é na fanfic?
Bem, como eu fui montando toda uma história do passado da Lissie, imaginei que ela tería uma grande amiga, como a Clar.É que eu tenho uma grande amiga como a Clar e eu morava numa cidade do interior, então nosso sonho sempre foi mudar juntas para a capital.Eu usei a fic pra realizar esse sonho, já que agora ele não é possível pra nós.Mas, a Clar é um pouco diferente da minha amiga.Na verdade eu quis enfatizar o sentimento que a Lissie tem sobre essa amiga, que é uma espécie de proteção.Ela quer proteger a Clar, quer livrar ela de coisas ruins como aquele namorado encrenqueiro e eu sinto isso pelas minhas amigas, por isso fiz uma Clarice tão frágil e sentimental.Porque eu sei que minhas melhores amigas são assim, no fundo, mas que não demonstram.
Agora, quanto ao Arian e a Laura, eu não me lembro bem como surgiu.Acho que queria uma coisa bem ruim no passado da Lissie, que tivesse marcado ela a ponto de justificar todos esses bloqueios na sua vida.O Arian, na verdade, seria seu padrasto e ela teria tido um caso com ele, mas achei meio forte, então resolvi fazer um pouquinho diferente.
Agora, a Laura na verdade seria uma irmã dela, que morreria acidentalmente e ela ficaria se culpando para o resto da vida.Mas então tive um lampejo de inspiração à caminho da faculdade, onde imaginei um acidente e pensei: “Por quê não fazer a Laura ser filha dela?”
Esses personagens são muito importantes.A Clarice é a única pessoa que está sempre ao lado da Lissie e em quem ela confia.Arian foi o primeiro amor e a decepção que definiu a personalidade dela.A Laura é aquela culpa que sempre vai estar presente na vida da Liz, é a única filha que ela pôde ter.

Por que a Lissie foi namorar justamente com o Bill, um dos melhores amigos do Georg por quem ela é apaixonada?
Eu queria que tivesse um problema na fic, algo que realmente a impedisse de ficar com o Moritz.E como eu adoro escrever cenas com o Bill, não tive dúvidas em quem escolher!Além disso eu acho que a Lissie só se envolvería seriamente com um cara como ele, meio menino, romântico e sensível.Ela não suportaría alguém como o Tom, por exemplo.

Alguma foto te inspirou na descrição dos rapazes da banda? Se sim, qual?
Teve uma foto do Georg que me inspirou bastante!Se tornou minha preferida dele.Nela, ele está andando, com aquele meio sorriso, óculos escuros, jaqueta de couro marrom e cabelos presos.Podem perceber que a jaqueta marrom está presente na maior parte do tempo.Eu amo aquela jaqueta e morro de inveja quando a Lissie a veste.
O Bill, eu me inspirei naquelas fotos do BTK, depois que ele ficou loiro e deixou a barba crescer.Eu simplesmente amo aquela barba dele.
Agora os outros dois não aparecem muito na fic, então....rsrsrsrs

Você se inspirou em alguém (artista, personagem) para descrever a personalidade da Lissie?
Eu me inspirei muito na Cat Power (não é atoa que usei a imagem dela).Achava o jeito dela muito próximo do que eu queria para a Lissie.Não atualmente, já que ela está estranha agora, mas antes eram bem parecidas.

Lara, você se surpreendeu com os comentários que recebeu? Ou já esperava por isso?
Eu me surpreendi sim, porque não existem muitas fics em que o personagem seja o Georg.E como a maioria das aliens gostam mais dos Kaulitz, foi meio arriscado não escrever sobre eles.Então eu não esperava muito da fic.Tento não criar muitas expectativas quando posto uma fic, pra não me decepcionar.
Ganhei algumas leitoras novas, perdi outras...É assim mesmo e está tudo bem pra mim.Mas acho que as pessoas estão gostando, foi a fic que mais tive leitores no Nyah.A maioria não deixava review por não ter login e eu espero que venham pra cá!

Você imaginava ter mais ou menos leitoras, do que tem hoje?
Bom, eu sempre faço o melhor que eu posso nas fics.E eu tenho me esforçado pra me superar nessa, tanto na escrita quanto nas idéias e no enredo da história.Mas mesmo assim eu não esperava conseguir tantos leitores quanto consegui.

Para as leitoras que te acompanhavam em outros lugares, sabem que você já terminou a 1º temporada. Você já começou a escrever a próxima temporada?
Já comecei.Na verdade, no início a fic tería só uma temporada mesmo, mas eu não sabia ao certo o que fazer no final, aí as idéias foram surgindo e eu percebi que uma fic só sería pequena para tantas coisas.Então, já comecei a separar algumas cenas que já tinha escrito e jogá-las para a segunda temporada, portanto pode-se dizer que já comecei.

Quando vamos poder ler essa continuação?
Em uma brincadeira com uma das leitoras eu disse que sería no dia 15 de Dezembro, porque é quando termina as minhas aulas.Mas eu realmente não sei, porque até agora só tenho um capítulo pronto e algumas cenas escritas no papel mesmo.Além disso eu ainda não sei qual título é melhor e fiz uma capa, mas não estou satisfeita com ela.Acho que a capa e o título são as coisas mais importantes de uma fic, são as coisas que atraem os leitores.Eu sou uma leitora e sinto isso, me interesso por fics que tenham um título interessante ou uma capa que me faça perguntar o que terá na fic.
Além disso, faço faculdade, então é sem chance de eu começar a escrever antes do fim das aulas.Final de semestre é bem apertado, então resolvi dar uma parada.Enfim, não tenho data certa para postar a continuação, mas prometo que começo nas férias.

Você poderia nos adiantar algumas coisinhas da próxima temporada? Só para dar um gostinho de quero mais para suas leitoras?
Não sei por onde devo começar!A fic está cheia de novidades e personagens novos.
Como vocês viram na temporada anterior, Lissie volta para Den Oever, que é sua cidade natal na Holanda, e com isso vocês vão conhecer o passado dela logo de início.Vão saber como a filha morreu, como Arian reapareceu depois de dois anos e os conflitos que causaram a perda da Laura.
E depois, bom, tenho planejado uma coisa meio nostálgica.Porque a Lissie vai se sentir muito solitária agora, muito sem saída...Posso dizer que vai ser um período depressivo da personagem, mas não quero que seja algo como “Lua nova”.rsrsrsrs
Minha intenção é que a Lissie cresça com o sofrimento, que use isso à seu favor, que aprenda algo com isso e ela vai aprender.Claro que ela vai fazer mais loucuras do que antes, mas também vai se esforçar pra ser uma pessoa melhor, porque aliás ela vai querer provar que Georg está errado.
Também vai ter um acontecimento chave na fic, uma loucura que ela vai fazer por amor ou por amizade, não sei ao certo.Talvez pelos dois sentimentos.Isso vai colocar tudo em risco também, ela vai mentir de novo e pode ser ruim pra ela.Mas ela vai fazer mesmo assim!
Acho que também posso adiantar que o Arian vai estar presente na vida dela denovo e isso pode confundir um pouco as coisas.
Muitas loucuras, muitas mentiras, muitas verdades dolorosas, confusões e romance esperam por vocês na próxima temporada.

Quando você tem falta de imaginação, o que faz para vencer isso?
Eu tenho isso muitas vezes.É que inspiração às vezes chega em momentos que você não pode escrever.Isso acontece comigo geralmente quando eu estou andando na rua, ou assistindo à uma aula de Neurofisiologia, por exemplo.Não dá pra escrever nessas horas, obiviamente, e depois quando vou tentar escrever o que estava pensando, a cena simplesmente sumiu ou já não me lembro do diálogo perfeito que tinha pensado.
Mas quando eu realmente não estou conseguindo desenvolver o capítulo, é porque está faltando alguma coisa.É porque algo está errado no que estou imaginando.É como aquele quebra-cabeças que eu mencionei, falta uma peça e eu não estou conseguindo encontrar.Aí o jeito é esperar e ir insistindo, pensando muito na cena, “voltando a fita”, relendo partes da história, etc.
Também costumo ver filmes quando isso acontece.Me ajuda muito a me inspirar no que devo fazer na fic.Ou talvez ler alguma fic, alguma história, ver alguma série mais romântica, essas coisas que me fazem pensar muito na vida, digamos assim.
Muitas vezes também converso com minha amiga Jocielle, que também posta fics aqui e troco uma ideia sobre o que devo fazer.Inclusive, foi ela que salvou o final de “E o céu chorou por nós”.Eu estava prestes a estragar tudo com uma ideia confusa e desnecessária, e ela me disse a que ia ficar muito ruim.Agradeço muito à ela pela ajuda.

Está gostando de postar a fanfic no Tokio Hotel Fanfictions? O Fórum está ajudando na divulgação da fanfic? O que acha das leitoras daqui e dos comentários que recebe?
O Tokio Hotel Fanfictions nasceu no meu grupo de leitoras do face, né?Então eu tenho um carinho muito especial por esse fórum.Quando o Nyah decretou que nossa categoria estava fora, eu pensei: “E agora?Onde vou postar minha fic?”.Existem outros fóruns do Tokio Hotel, mas minhas fics nunca foram muito bem recebidas neles.Acho que as aliens devem me achar meio chata nesses fóruns, por umas opiniões que eu acabei expondo por lá e que são bem “contra a maré”.É que eu defendo a liberdade e acho que os Kaulitz podem fazer o que quiserem, são adultos, vacinados e independentes.Não são mais os menininhos de Magdeburg.E algumas pessoas querem marcar o que é errado ou não pra eles, e eu definitivamente odeio isso.
Mas voltando ao assunto, eu gosto muito deste fórum porque a ideia surgiu no meu grupo e depois eu ajudei a divulgá-lo e adoro esse lugar.Acho que aqui você pode ser você mesma, ter suas opiniões...As diferenças são respeitadas e aceitas aqui, e não ignoradas!
Quanto a divulgação da fanfic, foi ótimo porque atraiu mais leitores e a própria divulgação do fórum fez com que a minha fic fosse conhecida e que os “leitores invisíveis” do nyah aparecessem.Algumas pessoas me mandaram MP dizendo que acompanhava minha fic e dizendo que a ideia do fórum era ótima.Enfim, ajudou muito.
As leitoras daqui são umas lindas!Elas me motivam muito e adoro os comentários delas, cheios de emoticons e tentativas de adivinhar o que a Lissie vai fazer.Brinco que a Kárita e a Joy são detetives, porque elas sempre descobrem os segredos da fic e eu me divirto muito com isso.Fiz grandes amigas aqui, graças às minhas fics e pretendo fazer muitas mais.Gosto de ter um contato direto com as leitoras, por isso sempre respondo os comentários um a um.Gosto de conversar com elas, saber seus gostos, ajudar em algumas coisas.Acho isso importante!A Pâmee e a Paloma por exemplo, estão comigo desde a primeira fanfic, que era horrível por sinal, e elas são tão novinhas, então gosto de conversar, dar conselhos à elas.São amizades muito gratificantes!
Enfim, leiam My almost (boy)friend e a segunda temporada que está chegando...Não vão se arrepender!rsrsrsrsrs.

Muito obrigado Lara! Obrigado por todo o carinho com o Fórum, mesmo quando ele era apenas uma ideia e por dividir suas fanfics com todas as leitoras do Tokio Hotel Fanfictions!

Ver perfil do usuário

2 Re: Lara Monique: My Almost (boy)friend em Dom Nov 04, 2012 3:37 pm

Quer dizer que a Lara ta importante, então?? Dando entrevista e tudo, daqui a pouco ta dando autógrafo kkkkkkkkkkkkkk. Brincadeiras a parte, adorei a entrevista. Deu pra entender bem o que vai acontecer. E as músicas também, são ótimas. Quero a segunda temporada rápido dona Lara. ( E eu não achava tuas fics antigas ruins não. A Pâmela não perdia um cap. Eu perdia de vez em quando mas era pq eu era preguiçosa mesmo Razz. Enfim, tuas fics antigas eram fofas *-*)

Ver perfil do usuário

3 Re: Lara Monique: My Almost (boy)friend em Dom Nov 04, 2012 7:15 pm

Oh! Que honra! Sendo citada em sua entrevista Lara Monique! Já te disse que devo ao TH por tudo em nossas vidas né? Foi essa banda que nos aproximou e nos deu oportunidades como a de debater o final de suas fics! Te adoro de montão Lara Monique! É uma estrela! Aishiteru ♥

Ver perfil do usuário

4 Re: Lara Monique: My Almost (boy)friend em Ter Nov 06, 2012 8:23 am

Olha que chique, quem pode pode né ^^ HAHA
Eu amei a entrevista, deu pra entender bem as lógicas dos personagens e todo o "passo a passo" da fic. Foi como um making of só que sem vídeo :p
Arian de volta? Agora eu fiquei realmente curiosa e o Georg? Essa Lissie vou te contar :p
Iiih acompanho desde ' Até que amanheça' né? E como a Paloma disse as suas antigas fics não eram nem um pouco ruim tá dona. Eram muito fofas, tinham bastante essencia, só que era algo mais inocente e as fics de agora são mais maduras quanto ao conteúdo ^^ Me identifico legal. E ainda releio elas, sério. Nostalgia total '-'
Pois é quem não viveu muita coisa ainda, aprende com os universitarios né ^^ E além de amar suas fics tambem amava - amo- suas opinioes referente ao Tokio Hotel, porque é exatamente semelhante as minhas opiniões também. Ainda bem que eu te conheci, porque senão não teria aprendido muita coisa, sério. Novatas é isso ... HAHAHA
Esperando ansiosamente pela segunda temporada \o/

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum